Protecção pessoal

 

Circulação no exterior

  1. Evite andar com joias ou bijutarias com aspecto valiosos, pois atraem o roubo por esticão e, caso aconteça, poderá causar-lhe ferimentos graves.
  2. Malas, carteiras ou sacos de compras devem ser transportados o mais possível junto ao corpo e do lado oposto à estrada; mantenha-os protegidos com o braço.
  3. Não aceite boleias de estranhos.
  4. Procure caminhar sempre no sentido oposto do trânsito; desta maneira poderá perceber qualquer manobra ou aproximação de algum veículo suspeito.
  5. À noite, caminhe sempre no centro do passeio (se o houver).
  6. Se qualquer condutor de veículo o(a) ameaçar, grite e corra na direcção oposta ao sentido do trânsito (gritar, pedir socorro pode intimidar o assaltante e atrair a atenção de outras pessoas).
  7. Procure não transitar em locais mal iluminados, mesmo que seja para cortar caminho. Lembre-se que o caminho mais curto pode não ser o mais seguro.
  8. Se achar que está a ser seguido(a) a pé, atrase-se na rua várias vezes para se certificar. Ao confirmar as suas suspeitas, dirija-se rapidamente para um local onde haja uma concentração de pessoas e não hesite em pedir auxílio. Procure saber onde se localiza o posto policial mais próximo.
  9. Em locais isolados ou mal iluminados mantenha sempre as mãos de fora dos bolsos, pois qualquer reacção de defesa da sua parte será sempre mais rápida.
  10. Ao retirar dinheiro do banco, guarde-o com cuidado em local discreto. Não conte dinheiro em público. Saindo do banco, certifique-se que não está a ser seguido(a).
  11. Se for necessário transitar com muito dinheiro, divida-o por várias partes do corpo.
  12. Nunca exiba grande quantia de dinheiro perante outras pessoas. Separe previamente a quantia necessária para as suas pequenas despesas (transporte, cigarros etc.).
  13. Evite que idosos andem desacompanhados por locais desertos ou por ruas de comércio muito movimentadas, alertando-os para que tomem cuidado com os contos do vigário.
  14. Procure efectuar as suas compras utilizando sempre que possível cartões de débito ou cheques. Isto evita que leve consigo uma grande quantia em dinheiro e, consequentemente, que desperte a atenção de ladrões.
  15. Não carregue objectos de valor, grandes quantias em dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade;
  16. As suas chaves devem ser guardadas no interior dos bolsos e nunca no interior de bolsas ou malas.
  17. Nunca dê informações sobre seu itinerário, hábitos, viagens, horários etc. Alerte a sua família e funcionários para procederem da mesma forma.
  18. Evite andar a pé a altas horas da noite, sobretudo se for sozinho.
  19. Evite caminhar junto às paredes dos edifícios ou entradas de prédios e garagens.
  20. Quando fizer compras em lojas, esteja atento aos seus pertences, principalmente se for um estabelecimento que costuma reunir grandes aglomerados de pessoas.
  21. Se tiver pouca robustez física, evite fazer compras sozinha(o). Procure levar um acompanhante.
  22. Ao entrar e sair de transportes públicos, sobretudo se for em horas de maior movimento, coloque a sua carteira e telemóveis em local de difícil acesso e esteja atento a empurrões e a toques aparentemente casuais, que podem não ser mais do que tentativas de assalto por carteiristas.
  23. Faça os seus percursos de forma diferente todos os dias se possível. Desta forma, é mais difícil saber onde está ou por onde circula, o que dificulta alguém tentar atentar contra si ou contra os seus bens.

Comprar em segurança com o seu cartão de débito/crédito

Todos nós usamos habitualmente cartões de débito (vulgarmente denominados cartões “Multibanco”) e de crédito. A sua comodidade faz com que a sua utilização fala parte das nossas rotinas diárias. E na época natalícia que se avizinha, apesar da crise, esta utilização é ainda mais acentuada.

Mas existem vários perigos na utilização destes cartões, pelo que, para que possa ter uma utilização mais segura e cómoda dos seus cartões, é recomendável que tenha em atenção os seguintes aspetos:

  • Quando receber o seu cartão:
    • Assine o seu cartão de imediato, aquando da sua recepção;
    • Guarde-o em local visível da sua carteira, para que possa aperceber-se, rapidamente, da sua falta.
  • Quando usar o seu cartão:
  • Apresente o cartão devidamente assinado;
  • Ao pagar, confira sempre o valor da transação antes de digitar o PIN (ou antes de assinar a Fatura Visa, em Países que não reconhecem cartões com Chip) e nunca digite o código sem antes conferir o valor da compra que aparecerá no ecrã da máquina;
  • Guarde a cópia da factura;
  • Quando efectuar transações com o seu Cartão, mantenha-o sempre dentro do seu campo de visão durante o seu manuseamento por terceiros. Assegure-se que só é feita uma factura por parte do estabelecimento comercial ou outro (em caso de engano destrua imediatamente a errada) e verifique sempre a data da factura e o montante total;
  • Se pontualmente lhe pedirem um documento de identificação, não veja nesse pedido uma falta de confiança ou dúvida sobre a sua idoneidade. É apenas um procedimento de protecção para o comerciante, para o emissor e, sobretudo para o utilizador;
  • Memorize o PIN do seu Cartão, mas se tiver que o escrever, faça-o sempre dissimuladamente num local separado do Cartão;
  • Ao utilizar o Multibanco, ver “Utilização dos terminais de Multibanco” (link)
  • Cuidados a ter na transmissão de informação:
  • Nunca dê qualquer informação relativa ao seu cartão (número, validade, etc.) por telefone, a menos que a chamada tenha sido de sua iniciativa. Lembre-se que, ao receber uma chamada telefónica, não existe forma de ter a certeza da identidade da pessoa com quem está a falar;
  • Não responda a quaisquer mensagens de correio eletrónico em que lhe seja solicitada informação sobre o seu cartão de crédito. Se receber uma mensagem deste tipo contacte o seu Banco de imediato.

Se cumprir sempre estas regras básicas, será pouco provável que venha a ter dissabores na utilização dos seus cartões de débito e de crédito

Utilização dos terminais de Multibanco

Ao Escolher o Terminal de Multibanco

  • Ponha a sua segurança em primeiro lugar
  • Evite usar terminais durante a noite ou em locais isolados
  • Antes de se aproximar do Multibanco observe com atenção as pessoas que estão próximas.
  • Se achar que alguém está a ter um comportamento suspeito ou que, por algum motivo, lhe suscite desconfiança, escolha ou Multibanco
  • Sempre que possível, use o mesmo Multibanco, para que possa detectar alguma mudança na máquina
  • Se perceber que a máquina tem objectos introduzidos no leitor de cartões ou no teclado, algum modo de operação pouco usual  ou sinais de vandalismo ou de adulteração, não o use e reporte imediatamente essa situação  à SIBS pelo telefone 808 201 251 (chamada grátis), ou pelo 217 813 080 ou à polícia.

Ao Utilizar o Multibanco

  • Verifique que não se encontram outros utilizadores perto de si para que tenha privacidade ao usar o seu número de código secreto.
  • É recomendável que a distância entre quem está a utilizar o terminal e os utilizadores que estão à espera de vez seja de pelo menos dois metros.
  • Quando começar a usar o Multibanco, certifique-se que a pessoa que está atrás de si permaneça à distância recomendada e não deixe ninguém distraí-lo enquanto está a usar o terminal.
  • Esteja atento às imediações. Se notou que alguém está muito próximo de si ou que você está a ser observado, cancele imediatamente a transacção e dirija-se a outro Multibanco.
  • Nunca force a introdução do cartão no leitor de cartões.
  • Nunca introduza o código secreto antes de receber essa instrução no ecrã.
  • Procure cobrir o terminal e, sobretudo, o teclado, com o seu corpo. Apenas introduza o código secreto cobrindo o teclado com a outra mão.
  • Certifique-se que introduz o código em condições adequadas de privacidade, protegendo-o do olhar dos outros ou de eventuais câmaras que possam existir.
  • Se, durante a transacção, detectar que a máquina não está a funcionar normalmente ou que dá instruções pouco usuais, cancele a transacção  e reporte os factos ao seu banco.
  • Se o cartão ficar retido na máquina, informe imediatamente o seu baco. Não aceite ajuda de estranhos “bem-intencionados”.

Ao sair do Multibanco

  • Depois de completar a transacção, guarde o seu dinheiro e cartão discretamente antes de abandonar o terminal.
  • Não fique no Multibanco a contar a a manusear as notas.
  • Se suspeitar de alguma actividade ilegal, saia do local e relate as suas suspeitas à polícia.

Fontes: www.gnr.pt; www.psp.pt; www.multibanco.pt; Azeitão+Seguro

Anúncios