Perguntas mais frequentes

Qual a natureza do projecto Azeitão+Seguro? 

É um projecto voluntário, inclusivo e independente de segurança comunitária desenvolvido no âmbito da associação cívica Azeitão no Coração que tem como objectivo contribuir, no estrito respeito pela Lei e pela Constituição, para a segurança da região de Azeitão.

No projecto Azeitão+Seguro defende-se a criação de milícias populares ou de alguma forma de justiça privada?

Não. Bem pelo contrário. A criação de milícias populares e o recurso à justiça privada não só constituem crimes como atacam o Estado de Direito. Por este motivo, este projecto pretende também contribuir para prevenir a emergência deste tipo de fenómenos, enquadrando as legítimas aspirações da população para uma actuação no âmbito da segurança comunitária que seja conforme com a lei.

Azeitão+Seguro concorre com a GNR para a promoção da segurança? 

Não. A GNR, que é a força de segurança com competência territorial em Azeitão, tem um papel fundamental, exclusivo e insubstituível para garantir a segurança na região de Azeitão. Por este motivo e também pelo facto de sermos totalmente contra quaisquer formas de vigilantismo ou de justiça privada (atitudes que também constituem crimes), não concorremos nem pretendemos vir a concorrer, sob qualquer forma, com a GNR ou com quaisquer outras forças ou serviços de segurança, as quais têm as suas competências legalmente bem definidas.

O que pretendemos, isso sim, é ter uma actuação que complemente e contribua para facilitar a actuação da GNR.

Ao referirem a importância de cada morador estar atento ao que de anormal se possa passar na sua rua não se está a promover um clima de medo e de desconfiança?

De forma alguma. Estar atento não é o mesmo que estar desconfiado ou ter medo. Estar atento significa observar a realidade e interpretá-la de forma objectiva, procurando compreender os factos ocorridos e apurar o seu significado.

Pelo contrário, desconfiar é ter medo do que é estranho, do que vem de fora, do que é diferente, apenas e só porque é diferente, sem qualquer outra justificação. É, enfim, ignorância sobre a realidade. E essa ignorância é a maior aliada dos criminosos. Esta distinção não é um jogo de palavras. Por exemplo, se é detectado alguém na sua rua e a presença dessa pessoa não é habitual, uma reacção de medo ou desconfiança seria alertar os vizinhos e ou a GNR para a presença no local dessa pessoa, sendo a justificação para esse alerta precisamente essa simples presença, sem mais.

Por outro lado, uma actuação atenta significaria não só detectar a presença da pessoa no local mas procurar observar a sua actuação de forma a verificar se tem algum comportamento indiciador de estar a recolher informação sobre o local e os seus residentes. Caso se verifique algum comportamento suspeito, deverão ser alertados os vizinhos (que poderão ter mais dados ou até mesmo uma explicação idónea para a presença da pessoa) e a GNR, se se justificar.

Desta forma, enquanto no primeiro caso há uma reacção alarmista decorrente do medo e da desconfiança, no segundo caso há uma análise racional das circunstâncias e, se necessário, uma divulgação objectiva do facto.

Qual é a ideologia de Azeitão+Seguro?

Nenhuma. Azeitão+Seguro não tem ideologia política. Qual é a ideologia que está por trás de conselhos para prevenir um carjacking? Ou o assalto a uma casa? Qual o substrato ideológico de um grupo de vizinhos se organizar para se entreajudarem na protecção das suas pessoas e bens, detectando situações suspeitas nas suas ruas e casas e, quando detectam algum incidente, reportarem-no à GNR?

Quanto custa aderir ao projecto Azeitão+Seguro?

Não custa nada. O projecto é gratuito. No entanto, pode haver situações em que grupos de vizinhos possam, no âmbito de Azeitão+Seguro, considerar a instalação de algum meio específico como, por exemplo, placas sinaléticas de vigilância comunitária. Neste caso, o custo de cada placa será assegurada por quem as adquirir junto do fornecedor que entender escolher.

Azeitão+Seguro tem alguma fonte de financiamento?

Actualmente, o projecto Azeitão +Seguro não tem qualquer fonte de financiamento.

No entanto, se, para futuras iniciativas do projecto, forem precisos fundos, será necessário encontrar meios de financiamento legítimos que permitam financiar tais iniciativas. Salienta-se, contudo, que o carácter voluntário e gratuito do projecto não será alterado. Ou seja, quem a ele quiser aderir não terá de pagar nada.

Há mais projectos semelhantes a Azeitão+Seguro em Portugal?

Pelo nosso conhecimento, o único projecto de segurança comunitária existente em Portugal que tem algumas semelhanças com Azeitão+Seguro é um projecto existente no Algarve, criado por imigrantes britânicos, denominado “Safe Communities Algarve” (http://www.safecommunitiesalgarve.com/?lang=pt-pt).

No entanto, apesar de alguns aspectos semelhantes, tratam-se de projectos que têm várias características diferenciadores, cada um adaptado às respectivas realidades locais.

Agradecíamos que nos informasse se tiver conhecimento de algum outro projecto de segurança comunitária em Portugal, pois tal permitir-nos-á aprender com outras experiências.

Anúncios