Crianças na Internet

Pais e educadores devem conversar com os filhos e educandos sobre os vários riscos que existem na Internet nela, explicando-lhes que é fundamental existirem regras de segurança associadas à sua utilização.

É necessário sensibilizar e conseguir que as crianças e os adolescentes aceitem e ponham em prática boas práticas e regras de utilização da Internet, devendo cada uma delas ser explicada pelos pais e educadores. Este deverá ser o caminho a seguir, devendo ser um processo naturalmente aceite por elas, de forma a conquistar-se a sua confiança, o seu interesse e acompanhá-los no processo de aprendizagem no uso da Internet.

Neste contexto, alguns sinais que podem evidenciar a dependência online:

  • Ansiedade;
  • Muitas horas diárias de utilização da Internet;
  • Reclamar Privacidade;
  • Isolamento;
  • Falta de interesse pela escola;
  • Reduzida Vida Social.

As regras básicas de uso da Internet que devem ser ensinadas são as seguintes (sem prejuízo, de, posteriormente, serem-lhes ensinadas as outras regras contantes deste site):

  • Nunca disponibilizar dados pessoais;
  • Falar sempre com os pais ou com os educadores quando acontecem coisas estranhas;
  • Não utilizar nicknames (alcunhas) provocadoras ou que revelem a sua identidade;
  • Nunca abrir, ou responder a e-mails estranhos;
  • Não fazer Downloads de ficheiros estranhos;
  • Não marcar encontros com amigos virtuais.

Fonte: http://www.gnr.pt

Anúncios