Carjacking

Tendo em conta as especificidades do carjacking, a observação dos seguintes comportamentos contribui para diminuir o risco de alguém ser vítima deste crime:

  1. Evite estacionar ou circular em zonas com as seguintes características:
  • Áreas de elevada criminalidade;
  • Áreas com pouco tráfego, mal iluminadas e que ofereçam mínimas condições de segurança;
  • Locais ermos;
  • Locais com pouca iluminação;
  • Estradas de acesso a residências e portões;
  • Bairros residenciais pouco movimentados e pouco iluminados, onde os residentes se preparam para estacionar ou entrar para o veículo;
  • Imediações de terminais Multibanco, locais onde as pessoas, durante a noite, se desloquem para levantar dinheiro;
  • Estações de serviço abertas durante a noite.
  1. Ao aproximar-se do veículo, preste a máxima atenção a tudo o que o rodeia. Se observar pessoas ou viaturas suspeitas, não se dirija para a sua viatura mas sim para um local seguro e, de imediato, ligue para a polícia local. Não confronte os suspeitos, deixe isso para as autoridades policiais;
  2. Para estacionar o veículo tenha o comportamento referido no ponto anterior, e, sempre que possível, evite estacionar em locais ermos ou com fraca iluminação;
  3. Sempre que possível, não demonstre a intenção de entrar ou sair da sua viatura, não exibindo as chaves ou o controlo remoto;
  4. Conduza sempre com as portas fechadas e com os vidros da viatura subidos;
  5. Se tiver telemóvel, garanta que tem a bateria carregada e leve-o sempre consigo;
  6. Esteja atento aos veículos que suspeite que o possam estar a seguir. Se suspeitar que está a ser seguido, dirija o seu carro para uma zona segura, de preferência para um local com muito movimento, para junto de uma esquadra de polícia ou ligue o 112 do seu telemóvel;
  7. Procure sempre conduzir mantendo uma distância segura entre o carro que segue à sua frente. Isto dar-lhe-á espaço para uma fuga de emergência, além de lhe permitir uma melhor visibilidade;
  8. Se for abordado por um ou mais indivíduos estranhos e suspeitos procure fugir com a viatura e utilize os sinais sonoros para atrair atenções;
  9. Em algumas das situações, os suspeitos deste tipo de roubo podem dar um pequeno toque na sua viatura (simulação de colisão). Caso isto aconteça e não se sinta seguro no local onde se encontra, não saia da viatura para inspeccionar os danos. Se a colisão for mínima, saia de imediato do local, ligue as luzes de emergência da viatura (“piscas”) e conduza de modo seguro até uma estação de combustível ou uma esquadra ou outro local onde se sinta em segurança;
  10. Podem haver situações em que os suspeitos lhe fazem sinais alertando-o para um falso problema na sua viatura (pneus, portas, etc.). Nestes casos, procure certificar-se se o problema realmente existe num local onde se sinta seguro;
  11. Não fique estacionado numa viatura num local vulnerável;
  12. Não coloque no seu carro autocolantes que o identifiquem a si ou ao local onde reside;
  13. Por fim, se for vítima de carjacking não resista, mantenha a calma, não faça movimentos bruscos, indique o que vai fazer, mostre as mãos e, se for caso disso, chame a atenção para a existência de crianças. Logo que possível e em segurança ligue o 112 e procure auxílio. Procure, na medida do possível, memorizar todas as características fisionómicas dos suspeitos, tipo de roupa que vestem, meios utilizados, pronúncias, sotaques, viaturas em que seguiam, etc.

Fontes: PSP; GNR; Azeitão+Seguro

Anúncios